cachorro cocker spaniel

O que você não sabe sobre o maravilhoso cachorro Cocker Spaniel

O lindo pet Cocker Spaniel na História

O termo “Span” foi outorgado pelo povo de Cartagena quando desembarcou na Espanha durante uma viagem pelo mar do Mediterrâneo, inúmeros militares viram uma grande diversidade de coelhos e disseram em voz alta “Span, Span! “, que significa “coelho”, em sua língua. Isto ocorreu em 500 A.C. Em razão disso essa pátria foi chamada de Espanha, ou “A pátria dos coelhos”, e os cães que perseguiam os coelhos ficaram célebres como Spaniel, ou “cachorros coelheiros”.
É acreditável que o Spaniel se encontrasse em nações mediterrâneas e, também, em terras espanholas. A raça pode ser considerada uma das mais remotas de todos os tempos. No Museu Metropolitano de Nova York, existe uma pequena estátua em cerâmica de Spaniel. A estátua tem mais de dois mil anos e pertence à Compilação Chipriota.
Existe uma investigação detalhada sobre o Spaniel, desenvolvida por Nichilas Cox, e essa publicada no ano de 1803. Esta se observa no Sportsman’s Cabinet: Existem duas raças de Cocker Spaniel, de maneira que um conta com um porte físico maior do que o outro, contudo os dois são denominados de “Spaniels Levantadores”. O menor se intitula Cocker Spaniel e está mais adaptado à caça entre matagais e parece que foi planejado pela natureza para isto. Desta maneira podemos assumir que os Cockers Spaniel Ingleses conseguiram sua nomenclatura depois da caça a galinhas, ou como vários acreditam, de faisões machos (cockpheasants em inglês).

Psicológico do Cocker Spaniel

Mesmo que seja um eficiente caçador, sua personalidade é meiga, tranquila e carinhosa. É uma espécie cheia de vida, branda, bastante propício à vida em família. A espécie combina esperteza, bondade e sagacidade, o que torna este espécime apto inclusive de desvendar os intuitos do dono. Apesar de dócil e basicamente amigável, também é aceito como um grande defensor. Ele não se deixa entregar pelo medo: se possível ele parte para cima de um bandido, se necessário for.
Famoso por seu temperamento contente, o Cocker Spaniel Inglês é sagaz e corajoso, e mostra uma grande capacidade de habituação. Ele dá-se harmoniosamente com as demais espécies de estimação, além, também, com outras criancinhas, não importando a idade ou o tamanho destas criancinhas. Visto como uma raça bastante respeitosa, o Cocker Spaniel Inglês é bastante frágil, e nunca gosta de ser disciplinado de forma dura. Quando ensinado com tranquilidade e apreço, o cachorro desta raça vai se mostrar um parceiro confiável e disciplinado, com certeza bastante amoroso, manifestando sua natureza alegre e confiante.
Se você deseja domesticá-lo, pode ficar despreocupado: esta raça possui uma capacidade de absorver tudo o que lhe ensinam, com muita rapidez e desenvoltura; além disso o Cocker está em 18º, em uma lista de cães mais espertos do planeta.

Inglês

Sua constituição física se apresenta da seguinte maneira: porte médio, musculoso, porte proporcional e bem forte. Tem um focinho quadrangular, comprido, com stop bastante saliente e trufa bastante alargada para favorecer a capacidade de farejar.
Os olhos são enormes, completos, porém não proeminentes. As orelhas apresentam formato de lóbulo, de inserção baixa, na altura dos olhos, e é coberta com uma pelagem longa, alisada e delicada. A cauda do Cocker Spaniel Inglês continua a linha do dorso.
Sua pelagem precisa de ser penteada uma vez por semana, embora seu pelo seja de tamanho médio. Seu pelo geralmente se mostra sedoso, muito macio. jamais você irá ver um Cocker Spaniel Inglês com um pelo ondulado, rígido ou aramado. Sua franja não é tão vasta como se é capaz de pensar, e seu comprimento vai até os membros inferiores, mais estritamente, em cima dos joelhos.
A coloração dessa espécie é muito variada. É bem concebível se encontrar cães com uma coloração apenas, os que são denominados sólidos, entre a coloração preta, caramelo, fígado, e inclusive misturados de cores, que são chamados de part colors.
Sua franja carece, regularmente, ser cortada, além de se cortar em volta de suas patas e de seu rabo duas vezes por semana. Duas vezes, bimestralmente, asseie suas orelhas.

Benefícios de ter um pet Cocker Spaniel

Além de ter um tamanho que facilita que se integre bem tanto em apartamentos quanto em casas, o Cocker Spaniel Inglês não é do tipo que ladra muito, o que assegura excelentes amizades com seus vizinhos.
Você pode ter convicção que essa espécie distrai-se demasiadamente, o que deixa o seu dia e de seus familiares, muito mais divertido, sem falar do jeito desajeitado que singelamente têm.
Existem várias maneiras de desfrutar do tempo com o seu cachorro, seja brincando em um parque, caminhando, passeando ou, então, realizando pequenas atividades físicas como flyball e agility.

Problemas habituais ao Cocker Spaniel Inglês

O maior problema dos Cockers foi causado pelo cruzamento de espécimes sem padrão técnico. Os cães dourados – talvez pela popularidade do desenho animado “A Dama e o Vagabundo” – obtiveram enorme comércio e foram prejudicados por desvios de temperamento e conformação. No decorrer do processo de propagação da espécie, foram muitos os cachorros de todas as colorações a mostrar desvios graves de comportamento.
Por causa do pouco ventilamento em seus ouvidos, os Cockers tendem a sofrer determinados problemas nos canais auditivos e inclusive em razão do acúmulo de água. Por isso, os proprietários de Cocker necessitam de ter atenção redobrada na hora do banho, tapando os ouvidos do cachorro com algodão com a finalidade de evitar a passagem da água. Para não acumular cera e sujeira nas orelhas, é recomendado que de dois em dois dias as orelhas sejam higienizadas com produto adequado para cachorros sugerido por especialistas.
Em decorrência da quantidade de pelos no meio dos dedos, a sujeira e umidade conseguem ficar retidas, causando frieiras. Para evitar o problema é significativo limpar a área ou aparar os pelos bastante curtos.

Como cuidar de um Cocker Spaniel

O aconselhado é que esse cachorro saia pelo menos 3 vezes a cada dia para repousar, mas isto não precisa durar bastante tempo, uma volta já é o ideal. Depois disto, observe suas orelhas para ver se não há nada no interior delas, como espinhos ou algum outro objeto preso às franjas.
Por possuírem as orelhas inclinadas, é muito habitual que os Cockers Spaniels desenvolvam dores de ouvido, além de obesidade e catarata, algo genético.
A tosa do Cocker consiste essencialmente em cortar o pelo do dorso, cabeça, base da orelha, rabo e almofada das patas, conservando-se boas franjas nas orelhas, barriga e patas. Encontre um um profissional no assunto, com o propósito de que ele não efetue uma tosa mal feita e deixe o seu cão tosado, bem como se fosse um Poodle.
Em relação aos banhos, se dados em grande quantidade podem proporcionar dermatites, eczemas e outros distúrbios de pele. Para evitar esses incômodos, a escovação diária é a melhor aliada, principalmente nas orelhas.

Os Filhotes do Cocker Spaniel

Por sua característica de ser um exímio caçador, ele tende a ser bem levado e bem repleto de energia quando filhote. Talvez por seu aspecto de “pelúcia”, a compra por impulso da espécie, sem a avaliação real das condições de cuidar do espécime, seja mais forte do que para outras raças.
Devido a seu excesso de vigor, o Cocker não hesita em fazer todo tipo de atividade, como: brincar, correr, caminhar, morder. Ao longo do tempo, o crescimento e a educação, crucial a qualquer raça independente do seu tamanho, o cachorrinho tende a ficar mais tranquilo.
Aos 6 ou 7 sete meses, o cão já deve ter passado da fase da destruição, melhorando suas qualidades de companheiro.

Curiosidades sobre o Cocker Spaniel

– O Cocker Inglês possui um porte mais vigoroso, menos pelagem, e não tem aquela cor amarela, que conseguimos avistar no Cocker tradicional. Seu pelo é mais aveludado, sendo possível percerbê-lo na cor vermelha, preta e castanho, castanho e fígado, sempre com um fundo mais esbranquiçado;
– Você sabia que os EUA já possuiu um presidente que tinha um Cocker Spaniel Inglês? Seu título era Shannon, e ele foi companheiro do presidente John Kennedy;
– Príncipe William e Kate Middleton também são tutores de um Cocker Inglês denominado Lupo. Lupo é ancestral de Ella, uma cachorra que pertencia aos pais de Kate Middleton. Mas, inicialmente, o casal Real negou que o cão pertencesse a eles. Lupo apareceu em uma das primeiras fotos oficiais do príncipe George, filho do casal;
– Na Grã-Bretanha, o que os Estados Unidos chamam de Cocker Spaniel Inglês é somente Cocker e a versão americana é chamada de Cocker Americano;
– O termo Spaniel era usado para qualquer cão que caçava pássaros. Esses cachorros sempre foram diferenciados pelo seu porte físico e pelo estilo como operavam suas ações.