tudo sobre samoiedo

Samoiedo – Tudo Sobre

Tudo sobre Samoiedo. As civilizações nômades utilizaram esta raça há aproximadamente 5.000 anos, na região da Sibéria, apesar de haver outras versões sobre a origem da raça Samoiedo. Segundo os registros, esta raça apenas podia ser vista em meio a essas tribos, acarretando, desta maneira, a sua nomenclatura. Estes cachorros eram empregados em práticas no pastoreio, para a caça e inclusive para empregá-los em trenós.
Os primeiros cachorros da raça Samoiedo chegaram no território inglês entre os anos de 1870 e 1909, contudo nem todos cachorros eram pedigrees. Afirma-se que a Rainha Alexandra gostou tanto da espécie que fez muito para tentar alavancar a espécie em seu país. Fato é que ainda é possível de ser encontrados ancestrais dos cães da monarca nos pedigrees atuais.
Os cachorros Samoiedos conquistaram a América no ano de 1906, um espécime foi oferecido como mimo do Grão-Duque russo Nicolau. A começar da Segunda Guerra Mundial a popularidade desse cão vem aumentando mais e mais em razão do seu comportamento manso, sua encantadora fisionomia e suas realizações como um cachorro de puxar trenós.

racas-de-caes, caes, animais-de-estimacao -  - Samoiedo - Tudo Sobre

Características Físicas do Samoiedo

Seu nariz conta com um formato médio e um tom mais escuro, suas orelhas são de um tamanho médio, muito afastadas uma da outra, sua cabeça dispõe de um aspecto de cunha e seus olhos bem profundos; sua pelagem é bem densa, suas patas são esféricas e ele possui um porte bastante vigoroso e atlético.
A cauda é demasiadamente bonita, possuindo uma pelagem densa e um formato enrolado por cima do lombo e tomabando para qualquer dos lados. Sua expressão facial vem a ser engraçada: no momento em que olhamos para o Samoiedo, parece que ele está a toda a hora gargalhando!
Seu pelo é extenso, delicado, alisado e levemente volumoso. Sua coloração habitual é o branco sólido, contudo conseguimos vê-lo em outros matizes: branco palha, amarelada, amarelada e branco, preto e branco e branco e castanho.

Temperamento do Samoiedo

Esta raça é bastante extrovertida, fazendo o possível para deixar as pessoas de fora e seus familiares a todo momento alegres! Se habituado, ele vai querer sempre, inclusive, deitar todas as noites ao lado de seu dono. O Samoiedo é um excelente cão para acompanhamento, principalmente para criançinhas e os mais velhos uma vez que é muito brincalhão e amoroso.
Apesar de amável, é fundamental que o Samoiedo faça atividades físicas frequentes porque é um cão habituado com o serviço intenso. Não é indicado mantê-lo preso em coleiras ou no interior de casas ou apartamentos. Se irritados, eles podem vir a ser bem destrutivos, mais desordeiros, mordedores de móveis e que irão cavar para todos os lados que for possível.
Estes cachorros não são facilmente ensináveis, são teimosos e mais propensos a puxar trenós do que ser mantido em coleiras, todavia por gostarem de satisfazer o dono, vão aprender com o decorrer do tempo.
O aconselhado é que você possua apenas um cão dessa raça, já que eles não se se relacionam muito bem com outros cachorros de estimação!

Vantagens em se ter um Samoiedo

Esta espécie é muito dócil, frágil, amorosa e bem sagaz! O Samoiedo possui um encanto fascinante, cativando todo mundo a sua volta.
Devido a sua ternura e meiguice, o Samoiedo não vai querer estar longe de seu dono por bastante tempo, o que torna esta espécie bastante apreciada por qualquer um.
Como essa raça consegue conviver bem com visitantes e hóspedes, você não vai ter que ficar se preocupando em deixar o Samoiedo preso! Seu dono vai ficar contente com a forma como o Samoiedo trata os seus amigos e convidados.
Os Samoiedos são cachorros muito limpos e não irão dar bastante trabalho no que concerne a Pet Shops, ainda que sejam bastante peludos e de coloração clara. Por não deterem glândulas subcutâneas, esta espécie não possui um cheiro desagradável, que é próprio nas demais raças de cachorro. Você terá um dispêndio demasiadamente menor com esta raça, especialmente se referindo à limpeza!

Pontos fracos do Samoiedo

As práticas físicas precisam ser todos os dias, devido a sua origem, o Samoiedo não resiste manter-se muito tempo ocioso, se isso acontecer, a ansiedade e o irritabilidade podem atingi-lo.
Se você quiser um cão para ser um cão protetor, sequer pense em possuir um Samoiedo.
Os Samoiedos são divertidos, entretanto, muitas vezes, exageram demais, deixando o seu proprietário bem nervoso, pois eles são bem destrutivos em diversas situações.
O Samoiedo é um cão muito dominante, não é aconselhado ter outros animais domésticos junto dele, especialmente felinos! Contudo, se adestrado precocemente, poderá ter um Samoiedo mais tolerante com outros cachorros.
Esse cachorro provém de terras nórdicas de clima gelado e, mesmo se habituando ao clima quente, não é apropriado condicioná-los a temperaturas bastante elevadas.
O Samoiedo tem o hábito de largar bastante pelo ao redor da residência em razão da sua troca de pelagem.
O Samoiedo expressa demasiados problemas relativos a sua saúde, como: coloração estranha no olho, orelha caída, ossos desproporcionados, pelo cacheado, características do sexo mal especificadas, displasia coxofemoral, podem ficar surdos, ameaça de nanismo e a retina pode apresentar uma degeneração progressiva.

Como cuidar de um Samoiedo

Apenas tenha um Samoiedo se você tiver bastante energia e energia para isso, vá brincar com ele ou fazer o seu Samoiedo se movimentar bastante, uma vez que esse cão precisa de gastar suas energias diariamente, quer dizer, se você for desanimado não possua um Samoiedo! Se você deseja um cachorro mais educado, adestre-o desde filhote.
E caso você tenha outros animais domésticos, o ensino do Samoiedo é necessário: sem ele você vai ter um cão bastante antissocial, principalmente com outros cachorros.
O Samoiedo é um cão bastante teimoso e desobediente, o que o torna muito difícil de colocar limites: ele irá desejar ficar dentro do lar e você irá se desgastar para conseguir educá-lo, então o treinamento tem que ser feito o quanto antes! Outra coisa fundamental é escovar a pelagem do cão de duas a três vezes semanalmente a fim de evitar que a pelagem se disperse pelo lar.
Essa espécie é exageradamente inteligente e tem necessidade de bastante carinho do dono, esteja capacitado para dar bastante atenção e carinho a ele.

Filhotes de Samoiedo

Os filhotes dessa espécie são perfeitamente “bolinhas de pelo” que adoram mamar e dormir um pouco! Porém eles se desenvolvem muito depressa e entre a 5° e décima semana de existência já viram verdadeiros “desbravadores” do espaço onde moram. Esta etapa é a melhor para que o seu proprietário ensine-o, para que a partir do momento que desenvolver-se não dê excessivo trabalho. Nesta etapa ele se encontra mais disposto, visto que é a época em que ele se afiniza com a raça que pertence e vai para um estágio de socialização com os humanos. O adestramento tem que ser mais incisivo após os 3 meses, pois nessa fase o Samoiedo permanece mais “dono de si”, portanto sendo mais difícil ensiná-lo. Decorridos 1 ano, o cão já toma uma postura mais madura e expande a capacidade de aprendizagem, o tratador deve acentuar o treinamento nesta etapa já que eles ficam mais agressivos.
Um filhote adequado precisa ser travesso e bastante bem-disposto. Relativo às suas características físicas, é importante possuírem olhos amendoados e lábios escurecidos e com um “sorriso” típico da raça. No que tange às orelhas, não esquente a cabeça, elas só se levantarão logo após os três meses de vida. A cauda deita por cima de seu dorso logo após os 2 meses.

Curiosidades sobre o Samoiedo

Ele é visto como o cão nórdico mais disciplinado já notado, ele é bastante inquieto e impaciente, visto que ele está a todo momento escavando alguma coisa, quando está nesse nível emotivo.
Nas primeiras importações da raça para o território inglês, nem todos eram genuínos pedigrees nem de cor branca, outros eram da cor de canela e ligeiramente menor que a espécie genuína. Alguns desses animais se originavam de tribos errantes.
As primeiras importações oficiais de Samoiedos aconteceram em 1893 e o primeiro clube oficial de criadores da espécie se efetivou na década de XX e funciona ainda nos dias atuais.
Em tempos de tempestades de neve, os Samoiedos conseguem tampar o seu focinho com o próprio rabo.
A curvatura dos seus lábios dá a sensação de estarem sempre “sorrindo”..