Veja a respeito do costume territorialista dos cachorros

Resultado de imagem para Veja a respeito do costume territorialista dos cachorrosCachorros que buscam conservar os indivíduos ou outros cachorros isolados de seu patrimônio têm o costume de fazer este tipo de coisa porque estão preocupados com o que esses humanos e espécimes conseguem fazer contra eles ou seus familiares. Os cachorros obsessivos, certas vezes, desconfiam de pessoas estranhas e podem permanecer ocultos, ou ficarem próximos de um portão para atacarem quando um intruso estranho ou outro cão passarem bem próximo.

Motivos que levam o cachorro a ficar de guarda

comportamento-do-cachorro Um cão que não possui temor de pessoas ou de outros cachorros não necessita conservar estas pessoas e animais distante da casa, quintal ou território que pensa ser dele. Na maioria das vezes, cães instáveis e medrosos fazem isto. Há, inclusive, um elemento hereditário com cães de determinadas raças que são mais suscetíveis a serem territorialistas do que outras raças, ou demonstram o comportamento mais violento.
As espécies que tendem a ser territorialistas são as que foram criadas como cachorros de guarda (diferentes espécies foram selecionadas para proteger coisas distintas, como indivíduos, posses ou agrupamentos). Algumas outras espécies foram escolhidas pela atitude e seu estado emocional e são mais predispostas a utilizar a violência no momento em que têm pavor, como alguns Terriers, e, possivelmente, irão ser mais assustadores do que outros cachorros, como de espécies de pastoreio.
Já os cachorros que são encorajados a defender a residência ou identificar intrusos irão ser bem mais propensos a demonstrar agressão. Como por exemplo, os cães que são incentivados por seus donos a correr atrás de gatos no quintal possuem mais possibilidades de se tornarem um perigo e são capazes de ser muito agressivos caso apanhem o gato.

Como proceder quando o animal é territorialista

cachorro-territorialista Bem como a gente, os cães possuem um forte senso de território e eles são bem mais propensos a ser agressivos quando alguém ou alguma coisa tentar passar o que o cachorro considera seu limite territorial.
Se o seu cachorro é territorialmente violento com os demais, é bem melhor tratar o animal como se ele tivesse um problema associado com o temor, mesmo se você não constata esse sentimento no seu amigo de quatro patas.
Do ponto de vista de um cão territorial, os carteiros, entregadores de encomendas, entre outros indivíduos que passam pelo portão da casa dele estão ameaçando seus bens e seus familiares. Por causa disso, o animal vai fazer de tudo com a finalidade de preservar essas pessoas, bem como outros espécimes, isolados, mesmo que para tal fim necessite utilizar da violência.
Em determinados países, os proprietários de cachorros têm obrigatoriedade de oferecer um acesso seguro para os seus imóveis para a entrega do correio. Mesmo que por aqui não haja lei que trate do assunto, também é imprescindível que todos os proprietários de cachorros territorialistas tomem cuidado para evitar qualquer imprevisto com pessoas que realizam entregas em suas residências, para evitar acidentes. Para isso, é importante assegurar-se de que as portas não encontram-se abertas e que o cachorro esteja preso.
Se o seu cachorro é territorialista e agressivo, procure orientação profissional para resolver o inconveniente.

Deixe uma resposta