Meu metabolismo é lento: verdade ou mentira?

Por que uma pessoa pode comer como um adolescente em fase de crescimento, sem ganhar um quilo sequer, enquanto a outra engorda quase que imediatamente? A resposta, certamente, está no metabolismo de cada um e na capacidade de desenvolver a massa muscular por meio de atividade física.

O metabolismo é o processo pelo qual nossos corpos convertem o que comemos na energia que precisamos para sobreviver, desde respirar até piscar. Um metabolismo rápido é como um forno que queima rapidamente o combustível, que são as calorias. Já um metabolismo lento precisa de menos combustível para manter o corpo em funcionamento.

É fácil atribuir os problemas de sobrepeso a um metabolismo lento, mas a verdade é que existem maneiras de quebrar os mitos do metabolismo lento a fim de manter um peso saudável.

Será que nossas taxas metabólicas podem ser alteradas?

Embora seja verdade que a genética ajuda a determinar nossas taxas metabólicas, podemos aumentar o metabolismo ao aumentar a massa muscular magra. Músculo queima mais calorias por hora do que gordura, o que significa que as pessoas com corpos magros e musculosos precisam de mais calorias para funcionar do que pessoas com maior percentual de gordura corporal.

As pessoas perdem massa muscular à medida que envelhecem e isso contribui para uma taxa metabólica mais lenta. Mas é possível pode contrariar esse processo por meio de atividades físicas com uso de peso para ajudar a diminuir esse declínio.

Chá verde e pimenta aceleram seu metabolismo. Será?

Nenhum alimento mágico acelerará o metabolismo. Alguns estudos mostraram que o chá verde e a pimenta aumentam temporariamente as taxas metabólicas, mas não elevam o suficiente para compensar a ingestão de muitas calorias.

O caminho para a perda de peso saudável é por meio de uma dieta equilibrada, com alimentos ricos em nutrientes.

Dietas de baixas calorias para perda de peso. Cuidado!!!

A perda de peso acontece quando se ingere menos calorias do que o seu corpo gasta todos os dias, mas criar um déficit de calorias muito grande pode ser prejudicial à saúde. Nossos corpos são inteligentes e programados para a sobrevivência. Ingerir uma quantidade de calorias extremamente baixa pode fazer seu corpo “pensar” que está passando fome e que precisa fazer mais, mas com menos calorias. O corpo se adapta à entrada calórica restrita e usa menos calorias para executar as mesmas tarefas. Com isso não há perda de peso.

Deixe uma resposta