Queda de cabelo: um problema unissex

Seus cabelos andam caindo mais do que o normal? Atenção! Enquanto a calvície é considerada um problema masculino, para cada cinco homens que sofrem com perda de cabelo, há três mulheres passando pelo mesmo problema. Os tratamentos calvície, geralmente, são anunciados para o público masculino, mas, também existem opções eficazes para mulheres. No entanto, para obtê-los, é preciso parar de negar a perda dos cabelos e procurar ajuda.

Chegando à raiz do problema

Determinar a causa do problema é o primeiro passo, em seguida as mulheres precisam ir a um dermatologista para um tratamento completo, a fim de descartar quaisquer causas subjacentes, como desnutrição, desequilíbrios hormonais ou doenças autoimunes, lúpus e esclerodermia. Às vezes, a gravidez, uma reação a uma medicação ou o estresse podem causar queda de cabelo em grandes quantidades, mas, felizmente, esse problema, geralmente, se reverte naturalmente com o tempo.

Calvície feminina, isso existe?

Curiosamente, o tipo mais comum de perda de cabelo em mulheres é a calvície padrão feminino. Ela é causada pela testosterona, um hormônio que normalmente associamos aos homens, mas que os corpos das mulheres também produzem. Quando a testosterona se quebra, um produto químico chamado dihidrotestosterona, ou DHT, é criado. Na calvície feminina e masculina, a DHT ataca o folículo piloso, fazendo com que ele encolha em diâmetro e produza cabelos menores e mais finos, até que se tornem bem finos ou deixem de crescer, permitindo que o couro cabeludo fique visível. Esse tipo de perda de cabelo, geralmente, responde ao tratamento com medicamentos ou, em alguns casos, com cirurgia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *